Novo OVA de Shingeki no Kyojin anunciado
28/07/2017 Por
EdwardADM

A obra ganhará um novo OVA, mas ainda não há data prevista para seu lançamento

Foi divulgado recentemente pela equipe da revista Bessatsu Shonen Magazine, da editora Kodansha, que a obra Shingeki no Kyojin terá um OVA. O OVA será lançado em DVD, junto com o 24° volume do mangá. A obra original é escrita e ilustrada por Hajime Isayama.

Não foram divulgadas muitas informações sobre o novo OVA, porém a equipe que fez a divulgação disse também que maiores informações seriam reveladas no 23° volume da obra, que estará nas bancas japoneses no dia 09 de agosto.

Mais sobre Shingeki no Kyojin:

Isayama lançou o mangá na Bessatsu Shōnen Magazine em 2009 e a Kodansha publicou o 22º volume no Japão no dia 7 de abril. A editora Panini é responsável pela publicação da série aqui no Brasil e publicou o 20º volume em janeiro deste ano. A Crunchyroll também publica o mangá, porém somente em inglês e digitalmente, junto com os novos capítulos que são publicados no Japão.

O mangá original inspirou um anime, diversos mangás de spinoff e séries de novel, um projeto de um filme de duas partes feito em live-action, uma série spinoff para televisão em live-action e um OVA (Animação de Vídeo Original). Ele também inspirou um romance gráfico de antologia com histórias curtas de artistas de quadrinhos ocidentais, além de produzirem alguns jogos inspirados na obra para Nintendo 3DS, Playstation Vita e Playstation 4.

A segunda temporada do anime de televisão estreou em 1º de abril deste ano e se encerrou em 17 de Junho, contendo 12 episódios, que foram transmitidos pela Crunchyroll. A primeira temporada do anime foi ao ar de abril a setembro de 2013 e conteve 25 episódios, que também foram transmitidos simultaneamente pela Crunchyroll. A primeira temporada também inspirou dois filmes compilados, que saíram em 2014 e 2015. Dois dos mangás spinoff – Attack on Titan: No Regrets e Attack on Titan: Junior High – receberam adaptações para anime.

Fonte: Aqui!

comments powered by Disqus